quarta-feira, 26 de junho de 2013

Mais uma vez tentando retornar...

Olá Meninas!

Estou a tanto tempo sem postar que já nem sei com quem estou falando aqui, não sei se as meninas que eu seguia ainda continuam postando, se já alcançaram seus objetivos, se continuam fortes e não foram fracas e gordas como eu que larguei tudo de mão. Durante o tempo que mantive me " firme" aqui costumava usar o blog apenas como forma de contar como estava sendo manter a dieta, mas hoje quero fazer um desabafo.

Comecei neste mundo porque estava 7 kg a cima do meu ideal. Estava realmente muito deprimida, não conseguia ser feliz com nada pois tudo me remetia ao peso. E quando eu conseguia ter um momento de felicidade logo me vinha um pensamento de que estava fazendo papel de ridícula pois não podia me permitir ser feliz estando gorda daquele jeito. Quando achei que não tinha mais jeito conheci Ana&Mia! Foi bem difícil no começo, parecia que nada fazia efeito e que estava condenada a ficar gorda para sempre. Mas com o tempo as coisas começaram a funcionar e consegui emagrecer todo o peso que ganhei e consegui ir até um pouco mais longe. Cheguei as 53kg, o que não é lá grandes coisas mas foi um vitoria para mim, minhas roupas voltaram a caber e quase que ao mesmo tempo começaram a ficar todas muito largas.

Estava realmente muito feliz, só que ai todo mundo começou a notar que eu estava emagrecendo. As criticas começaram a chover em cima de mim: " você ta muito magra", " onde foi parar aquele corpo bonito", " tá totalmente sem bunda". E o problema meninas é que eu comecei a ficar mexida com aquilo, porque realmente eu era uma pessoa " com corpo" e ver que agora estava ficando reta começou a me preocupar. Fiquei com medo do meu namorado me deixar. Achei que tava bom, que agora eu podia parar com tudo e só manter o meu corpo.

Só que não é simples assim neh ? A gente pode até querer, mas quem realmente é Ana&Mia sabe que nossa mente sempre vai pensar como tal. Eu estou comendo normalmente, e isso significa igual a uma porca, mas não consigo fazer isso com a consciência tranquila, mas também não consigo ficar sem comer. Eu não conto mais as calorias, como um monte de biscoitos recheados e doces mas logo vem na minha mente que ta tudo errado que eu não devia estar assim. Sinto saudades de contar cada coisinha que eu comia, de sentir aquelas tonturas por fazer NF, de tomar meu amado ECA, de saber que eu estava no controle.

Quero voltar meninas, e vou voltar! Chega de viver "normalmente", quero meu mundo de volta. Acho que dessa vez vai ser ainda mais difícil, estou totalmente indisciplinada mas vou tentar. E sei que o mais importante para conseguir ser forte e não abandonar o blog, voltar aqui sempre pois vocês são minha força. Mas chega de blablabla, toma ai umas inspirações para vocês! Amanhã eu juro que volto pra contar como foi o 1°dia.



2 comentários:

  1. bom vc nao deve me conhecer pq comecei a pouco, mas nessa sua volta quero te apoiar e como vc e mais experiente tambem acc conselhos, força sempre

    ResponderExcluir
  2. Fala Ingrid!

    Guria a vida é muito louca mesmo, se a gente engorda o povo fala,se a gente emagrece o povo fala,na verdade falam até de Deus!
    O ideal é não se abalar com as críticas alheias e agradar a si mesma primeiramente para não se arrepender depois.
    No meu caso resumi com uma frase:

    A mente perturbada faz a boca descontrolada.

    Aconteceram N coisas ruins na minha família e ainda estão acontecendo,eu sou muito passional,sentimental e sensível não consigo não ser afetada, infelizmente!
    O pior ainda está para acontecer pode ter certeza,o fim da minha mãe vai ser feio,é uma tragédia anunciada.
    Mas não se preocupe comigo,estou bem,sobreviverei!

    Amiga,sinto falta do teu outro blog também que é o paraíso de toda mulher!
    Esses dias fui comprar uma base líquida pra minha pele e pensei em você:

    -A Ingrid saberia o quê comprar aqui!

    Acabei desistindo pois não achei nenhuma marca de confiança shuashuashuas!

    Seja muito bem-vinda de novo!

    Beijos ^^

    ResponderExcluir